sábado, 8 de março de 2008

A paixão segundo A.M

"Perdi laguma coisa que me era essencial, e que já não me é mais.Não me é necessária, assim como se eu tivesse perdido uma terceira perna que até então me impossibilitava de andar mas que fazia de mim um tripé estável.Essa terceira perna eu perdi.E voltei a ser uma pessoa que nunca fui.Voltei a ter que nunca tive: apenas duas pernas.Sei que somente com duas pernas é que posso caminhar.Mas a ausência inútil da terceira perna me faz falta e me assusta,era ela que fazia de mim uma coisa encontrável por mim mesma, e sem sequer precisar me procurar".

(A paixão seguno G.H - Clarice Lispector)


A paixão segundo A.M segue quase que no mesmo caminho que G.H.Muitas 'terceiras' pernas vão se perdendo ao longo do caminho,tão inconstante quanto seu próprio coração.Mas o caminho segue reto e hoje pode-se dizer que A.M vê tudo com outros olhos,talvez porque tenha crescido,talvez porque seja só impressão,talvez porque ainda encare muitas coisas com a mesma insegurança de outrora,mas sente,que no fundo é diferente.Sabe que é.
"Por te falar eu te assustarei e te perderei?Mas se eu não falar eu me perderei, e por me perder eu te perderia".

é isso ai.

Um comentário:

Lalita disse...

essa também é a paixão segundo Q.L.